Iniciando uma aplicação básica em java – parte 3

Saudações Leitores, nos posts anteriores justifique o motivo de ter escolhido a linguagem Java para programar e também comentei rapidamente sobre as escolhas como o Wildfly e o PostgreSQL, e confesso que estas foram as decisões fáceis, difícil mesmo foi decidir entre utilizar somente implementações Java EE ou o Spring. Mas porque isto foi difícil afinal?

Eu sou programador, mas não sou especialista em Java, confesso que gosto de facilidades, e o Spring possibilita muitas. Não vou entrar nos detalhes do Spring, até porque não conheço todos, mas só o fato de utilizar o MVC do Spring em um projeto facilita muito. E não para por aí, o Spring Security possibilita segurança à aplicação, o Spring Data JPA facilita o uso do JPA, e existem outras facilidades que valem apena serem estudadas. Mas com tanta coisa boa, porque a dúvida continua?

Eu tenho dois motivos que pesaram na minha decisão, o primeiro é que o Spring “corre” separado do Java EE, ou seja, o ponto positivo é que ele possui recursos que não existem ou que demoram muito para aparecer no Java EE, mas em contrapartida se a Pivotal resolver não mais mante-lo “open source” ou ser descontinuado, todos os desenvolvedores ficarão desamparados. O segundo ponto é que, como eu disse anteriormente, eu não sou especialista em java logo este projeto pode ser uma oportunidade de ampliar os meus conhecimentos em Java EE. Sendo assim está claro que acabei por optar pelo uso do Java EE o mais “puro” possível, e digo “possível” porque no meio do projeto podem surgir algumas necessidades que sejam realmente difíceis de resolver somente com o Java EE e precise de algum framework para ajudar, um exemplo é o JPA, tentarei usá-lo em todo o seu potencial, mas já sei que existem algumas facilidades no Hibernate que são difíceis de abrir mão.

Vou deixar para o leitor dois links que irão ajudar a entender um pouco mais sobre o Java EE, o primeiro é um blog com várias dicas (link), o segundo é uma apostila que fala um pouco sobre o Java EE e o Spring (para quem ficou curioso 😉 )(link). No próximo post vou começar a desenhar a solução, até a próxima.

Siga-me no Twitter: @curioso_dgtal

Participe do nosso grupo no Google

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s