ESPECIAL FISL17 – Quarto dia

Saudações Leitores, para finalizar esta a sequencia de edições especiais de posts sobre o 17º Fórum Internacional de Software Livre vou narrar um pouco do meu último dia, mas antes gostaria de fazer um agradecimento especial à Associal Software Livre (ASL.org.br) pelo grande empenho em realizar mais esta edição do FISL, parabéns aos Grupos de Trabalhos e a toda comunidade de Software Livre que se fez presente e igualmente possibilitaram a realização deste magnífico evento.

Meu dia no FISL iniciou com a reunião de sócios da ASL, e pude obter a confirmação do já havia ouvido falar nos corredores do evento, a falta de dinheiro que quase impossibilitou a realização do evento, muitas empresas (principalmente governo) não puderam contribuir como fizeram nos anos anteriores e isso quase inviabilizou o fórum, mas foi com a ideia de um modelo mais enxuto que se organizou o FISL e para a grata surpresa houveram elogios a organização da forma que se realizou. Houve lições aprendidas, principalmente quanto a dependência financeira de determinadas instituições e com certeza para os próximos anos continuaremos tendo encontros fabulosos.

Após a reunião assisti a palestra sobre quinze maneiras de se ganhar dinheiro com software livre, esperando alguma novidade mas para quem já está inserido na cultura do Software Livre conhece a grande maioria das sugestões, segue a lista:

1. Trabalhando em uma empresa que desenvolve Software Livre;

2. Desenvolver seu software, distribuí-lo por uma taxa;

3. Desenvolver seu software, distribuí-lo gratuitamente e vender a implementação;

4. Desenvolver seu software, distribuí-lo gratuitamente e vender treinamento;

5. Desenvolver seu software, distribuí-lo gratuitamente e vender suporte;

6. Desenvolver seu software, distribuí-lo gratuitamente e vender a customização;

7. Ganhar dinheiro com anúncios;

8. Vender uma versão com uma licença comercial/proprietária;

9. Adicionar novas funcionalidades em um software preexistente;

10. Loja de aplicativos;

11. Vender Consultoria (de TI, financeira, de legalidade, administrativa);

12. Vender Serviços;

13. Instalando ou Gerenciando infraestrutura de TI com Software Livre;

14. Trabalhando com conteúdo;

15. Vendendo conhecimento.

A última palestra que assisti foi sobre um projeto “Escola de Hackers”, um excelente projeto sobre o ensino de informática (com robótica livre e programação) para crianças e jovens com o uso de Software Livre, o projeto está dividido em Berçário de Hackers (crianças de 5 e 6 anos), Escola de Hackers (estudantes do 7º e 8º ano) e Escola de Hackers Avançado (para estudantes do ensino médio).

Bem pessoal, gostaria de encerrar este meu relato com uma frase que foi apresentada durante a palestra do projeto Escola de Hackers, até a próxima.

“Programe, ou será programado! Escolha a primeira opção e ganhe acesso ao painel de controle da civilização. Escolha a última, e poderá ser sua última escolha real.”

(Rushkoff)

 

Siga-me no Twitter: @curioso_dgtal

Participe do nosso grupo no Google

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s