Desenvolvendo uma aplicação com Node.js e AngularJS – parte 4

Saudações Leitores, dando continuidade ao nosso projeto, algo que não falei no post anterior é a necessidade da instalação do MongoDB, ele é um banco de dados NoSQL orientado a documentos, você pode obter mais informações aqui , e como instalar no Fedora aqui, mas se o seu sistema operacional não é o Fedora e se você gostaria de entender mais sobre o MongoDB não se preocupe, existe muito material na internet.

Após instalar e configurar o MongoDB, vamos inserir outros três módulos no Node.js para nos auxiliar no desenvolvimento (lembrando que no último artigo  já instalamos o express). O primeiro deles é o express-load (no shell digite o comando npm install express-load save) que serve para mapear diretórios para carregar e injetar módulos dentro de uma variável e evitar que sejam feitas diversas chamadas à função require dentro dos controllers ou qualquer outro código.

O outro módulo é o method-override (comando npm install method-override save) que permite que sigamos o padrão RESTfull em nossas rotas utilizando os principais métodos HTTP (GET, POST, PUT e DELETE).

O último módulo que vamos instalar é o mongoose (comando npm install mongoose save) que nos irá permitir utilizar o MongoDB com Node.js de uma forma muito simples.

Agora que já estamos com tudo instalado e configurado, faça um clone da aplicação no seu eclipse, ela está no gitHub no seguinte endereço: https://github.com/gabrielpoa/AmanhecerServer.git .

A aplicação estará instalada no OpenShift que é uma plataforma de cloud da RedHat que permite fazer deploy de aplicações de forma gratuita, por isso você encontrará diversas variáveis de ambiente que comecem com “OPENSHIFT_MONGODB”, você pode ignora-las pois elas não irão influenciar na aplicação rodando localmente. Tenha atenção para as configurações do MongoDB, que estão previamente no código na linha “var connection_string = ‘AdminAmanhecer:abcd1234@127.0.0.1:27017/amanhecerdb’;” do arquivo “app.js”. Meu MongoDB está configurado para exigir autenticação para se conectar na base, isto está no arquivo “/etc/mongod.conf” na linha com a configuração “auth = true”, então nas duas primeiras partes eu preciso informar o usuário que criei para administrar meu banco de dados e a senha separadas por dois pontos <usuário>:<senha> (exemplo: AdminAmanhecer:abcd1234), em seguida para separar as informações do usuário das informações de host eu coloco um @, o próximo bloco é composto do endereço ip e a porta de conexão <ip>:<porta> (exemplo: 127.0.0.1:27017) novamente separados por dois pontos, por fim uma barra seguido do nove do banco de dados (exemplo: /amanhecerdb), sendo assim o endereço inteiro é composto da seguinte formação <usuário>:<senha>@<ip>:<porta>/<nome_banco> .

Acredito que com estes detalhes será possível testar a aplicação localmente, minha dica é utilizar o aplicativo para o navegor Chrome chamado “REST Console” e já existem programados três serviços REST’s (que iremos explorar no próximo artigo):

1) Método POST para incluir um usuário novo – Link http://localhost:3000/usuarios deve ser passado no body da mensagem http a seguinte estrutura:

{
“nome”:”nome do usuario”,
“email”:”email@dousario.com”,
“senha”:”senha do usuario”
}

Lembrando que o Content-Type deve ser “application/json”.

2) Método GET para buscar o nome dos usuários cadastrados – Link http://localhost:3000/usuarios.

3) Metódo POST para logon – Link http://localhost:3000/usuarios/logon deve ser passado no body da mensagem http a seguinte estrutura:

{
“email”:”email@dousario.com”,
“senha”:”senha do usuario”
}

Lembrando que o Content-Type deve ser “application/json”.

Bem Leitores, já temos muita coisa para configurar e testar, no próximo artigo vamos explorar um pouco mais do código da nossa aplicação. Precisando de ajuda é só escrever, até a próxima.

Siga-me no Twitter: @curioso_dgtal

Participe do nosso grupo no Google

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s