Utilizando Linux – Recursos parte 1

Saudações Leitores, neste post vou escrever um pouco sobre alguns dos principais recursos do Linux, tanto em modo gráfico (no meu caso estou utilizando o Gnome) quanto no modo caracter (ou shell como alguns chamam).

O primeiro recurso que todo o usuário linux deve conhecer um pouco é o Terminal, no Gnome basta ir em “Atividades” (ou pressionar a tecla windows no teclado) e digitar “Terminal” ou “Shell” no campo de busca. Ao clicar no terminal, uma janela preta abrirá provavelmente com o cursor piscando provavelmente com a seguinte formação “[<nome_usuario>@<nome_maquina>]$”, algumas variações podem ocorrer emas normalmente é isto. Neste link existe uma lista dos principais comandos que pode servir de guia para as primeiras aventuras no “mundo shell”, mas tenha cuidado para não apagar ou mover arquivos importantes 😉 .

Dentre os comandos a serem executados no terminal, destaco o DNF, o “Dandified Yum” ou dnf é o gerenciador de pacotes do Fedora (existente a partir da versão 22), isso significa que as aplicações que rodam no seu linux podem (e serão na grande maioria das vezes) instalados por este gerenciador de pacotes, separei um link que ensina como utilizá-lo.

Antes que perguntem se o Gnome possui um gerenciador de arquivos igual ao explorer do windows, existe o nautilus, ou se você for procurar em “Atividades” basta digitar “arquivos”. A primeira vista parece bem mais simples que o “windows explorer”, mas é muito mais prático e você consegue fazer tudo que necessita. Atenção para os menus que ficam no canto superior direito, o primeiro botão é uma lupa e serve para pesquisar arquivos, o segundo serve para alterar o modo de visualização com algumas opções e o último é um menu “geral” onde se pode criar novas abas ou criar uma nova pasta dentro da que está corrente entre outras opções.

O próximo recurso que gostaria de comentar é o “gedit”, ele é basicamente o “notepad” do Gnome só que com a opção de inserir abas (cada aba é um arquivo texto) e ele também suporta arquivos grandes que normalmente o notepad não consegue abrir.

O último recurso que comentarei muito brevemente neste post é o LibreOffice, que é uma das suítes office mais utilizadas na atualidade no mundo Linux, normalmente vem instalado no Gnome mas caso não esteja ela é facilmente instalada via DNF através do comando “DNF install libreoffice libreoffice-langpack-pt-BR”. Não sou nenhum especialista em apresentações ou planilhas de cálculo, por este motivo o LibreOffice me atende perfeitamente, mas pode ser que algum profissional de uma área específica possa reclamar dos recursos, eu particularmente utilizo para edições de texto, planilhas e apresentações e não encontrei até o momento nenhuma limitação. Para quem deseja aprender sobre o LibreOffice segue o link para um e-book com os principais recursos desta suíte.

Bem leitores, espero que tenham gostado, no próximo post continuarei falando um pouco mais sobre os recursos do Linux Fedora. Até a próxima.

Siga-me no Twitter: @curioso_dgtal

Participe do nosso grupo no Google

Anúncios

Um comentário sobre “Utilizando Linux – Recursos parte 1

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s