Utilizando Linux – parte 3

Saudações Leitores, no último post trouxe um relato de um usuário da distribuição Ubuntu e a minha percepção sobre o Fedora e a Red Hat Enterprise. Como prometido neste post vou mostrar como fazer uma instalação padrão da distribuição Fedora Linux na versão 23.

Gravei um vídeo com os paços da instalação do Fedora, vou solicitar um pouco de compreensão pois não sou nenhum especialista em edição de vídeo mas acredito que atingi o objetivo principal.

Antes de começarmos é IMPORTANTE que eu faça algumas recomendações (que serão reforçadas no vídeo):

– Verifique se o seu hardware é compatível com linux. Normalmente aquele computador que possui todos os seus drivers automaticamente reconhecidos no Windows, também terão no Fedora, o problema são placas e periféricos muito específicos, como uma placa de vídeo ou um leitor biométrico, etc., por isso se você possui um computador que foi montado de acordo com as suas necessidades ou acrescentou alguma placa ao componente para melhorar o desempenho ou outra necessidade, por favor verifique junto ao fabricante a compatibilidade com o linux;

– Verifique se todos os seus softwares (isto inclui jogos) são compatíveis com o linux ou possuem uma versão para instalação no Fedora, se for necessário baixar uma versão específica para linux, verifique se a licença que você adquiriu também abrange esta versão. Cuidado com as dicas do tipo “se o seu software não possui versão para linux, use uma máquina virtual (VM) com windows”, isto funciona muito bem quando são softwares que consomem poucos recursos, quando você utiliza uma VM é preciso lembrar que o software vai consumir recursos da VM (memória, processador e HD) que por sua vez estão sendo compartilhados com o seu computador, rodar jogos ou softwares (principalmente de edição de vídeo e imagem) que exigem muita memória e processador em uma VM não terão um desempenho agradável ou talvez não funcionem;

– E o mais importante de tudo FAÇA UM BACKUP DOS SEUS ARQUIVOS, isto mesmo, em caixa alta, negrito e sublinhado. Copie todos os seus arquivos para um pen drive, cd, dvd, hd externo, etc.. O tipo de instalação que apresentarei não possui a intenção de preservar os dados existentes e o HD será apagado para a instalação do Fedora.

Recomendações feitas agora vamos ao vídeo, pegue a pipoca e o caderninho de anotações e boa sessão:-) .

Para concluir gostaria de deixar aqui o link para baixar o Fedora. O meu notebook já possui o Fedora então realizei a instalação em um maquina virtual criada no Boxes (software para administração de VM’s), onde capturei e editei as imagens no Gimp (programa de manipulação de imagens), gravei o áudio no Audacity (software para edição de áudio) e juntei tudo no KDEnlive (programa para a edição de vídeo), todos estes softwares estão sob a licença GNU GPL (Licença Publica Geral), leia mais sobre este tipo de licença aqui.

Bem pessoal, nos próximos posts vou escrever sobre os comandos e programas mais comuns do linux, até a próxima.

Siga-me no Twitter: @curioso_dgtal

Participe do nosso grupo no Google

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s